domingo, 20 de maio de 2012

Donna Summer morre vítima de câncer


Uma das principais estrelas da disco music, a cantora Donna Summer morreu nesta quinta-feira (dia 17), vítima de câncer. Ela tinha 63 anos

A informação foi confirmada à agência Associated Press pela família da artista. Segundo o site TMZ, a cantora morreu na Flórida e, nos últimos meses, estava trabalhando em um novo álbum.

"No início desta manhã, cercada pela família, perdemos Donna Summer Sudano, uma mulher de muitos dons, o maior deles o da fé. Ao mesmo tempo em que lamentamos o seu falecimento, estamos em paz celebrando a sua extraordinária vida e seu legado contínuo", disse a família da cantora em comunicado.

Nascida LaDonna Adrian Gaines em 31 de dezembro de 1948, Summer lançou seu primeiro disco, “Lady of the Night”, em 1974.

Conhecida como a "rainha da disco music", Summer tinha três filhos e se casou duas vezes. O segundo marido, o músico Bruce Sudano, estava ao seu lado no momento da morte.

Ela iniciou a carreira na Alemanha, onde se apresentou nos espetáculos "Hair" e "Porgy and Bess" e trabalhava como cantora de estúdio de gravação.

A artista só foi encontrar a fama em 1975, quando "Love to Love You Baby" chegou às casas noturnas europeias, com um enorme e polêmico sucesso.

Summer emplacou uma série de outros sucessos nos anos 1970 e nos anos 1980, incluindo "Last Dance", "Hot Stuff", "Bad Girls", "I Feel Love" e a sua versão para a balada "MacArthur Park", que foi o primeiro disco seu a chegar ao topo das paradas nos Estados Unidos em 1978.

Em 1983, fez sucesso com "She Works Hard for the Money". Seu disco mais recente, “Crayons”, foi lançado em 2008.

A carreira de Summer entrou em declínio nos anos 1990, mas ela cantou no concerto do Prêmio Nobel da Paz, na Noruega, em 2009, em homenagem ao laureado daquele ano, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

A família dela pediu nesta quinta-feira que os fãs encaminhassem as doações em homenagem a Summer ao Exército da Salvação.

Fonte: iG

2 comentários:

  1. Pra quem se interessa no assunto, achei um post muito bom sobre os mitos que cercam o câncer. vale conferir!

    http://publivida.org.br/outros/estudo-desfaz-alguns-dos-mitos-do-cancer/

    ResponderExcluir
  2. MEUS QUERIDOS,
    Quem me conhece sabe da minha experiência jurídica na área de saúde, e nos últimos tempos, tenho visto inúmeras reportagens sobre a cura do câncer através da substância FOSFOETANOLAMINA.
    Meus avós, tios, e outros parentes próximos sofreram e alguns até morreram por esta doença então meu interesse é legítimo.
    Sim, o tratamento é experimental, e por isso, ainda não tem aprovação da Anvisa ou chancela da ANS. Mas os relatos de resultados são tão surpreendentes que tem feito muitos pacientes procurar o medicamento.
    Nos últimos meses, o assunto tem sido pauta de discussões acirradas no Poder Judiciário e, graças a Deus, a decisão mais recente autoriza o uso das cápsulas, caso tenha indicação médica.
    Claro que existem interesses obscuros nessa comercialização e não se pode deixar de cogitar do prejuízo que a indústria farmacêutica terá com o eventual reconhecimento de cura da doença da substância.
    Imaginem. Despesas mensais por pacientes que alcançam mais de R$ 100.000,00 ao mês. POR PACIENTE!!! Tudo indo por água a baixo, pois o valor de mercado da fosfoetanolamina é de R$ 0,10 por capsula.
    O fato é que os pacientes que estão sofrendo não podem deixar de tentar esta alternativa. Claro, isto se o médico que lhe dá assistência não apresentar nenhuma resistência.
    Por isso, e não só por ser advogada militante nesta área, convoco a todos para lutar pela liberação das cápsulas, judicial ou extrajudicialmente.
    Segue o link para assinar a petição!
    Sem preguiça pessoal!!!!

    http://www.peticaopublica.com.br/psign.aspx?pi=BR85788

    **** Para quem precisa de orientação jurídica, meu perfil no facebook é https://www.facebook.com/natpoletto

    ResponderExcluir